(62) 3942.4070
Cirurgia Plástica / Mamoplastia Redutora

A mamoplastia redutora tem como objetivo reduzir mamas volumosas e realizar a suspensão de mamas caídas. Ela pode ser realizada com ou sem colocação de prótese siliconada, inclusive para correção de assimetrias entre as mamas. 

Em conversa com o cirurgião plástico sobre a harmonia entre o volume ideal das mamas e o tamanho do tórax, característica esta que deve ser preservada no planejamento da cirurgia, chega-se a um consenso sobre o tamanho de mama que deseja. Normalmente utiliza-se próteses de silicone com revestimento texturizado, que oferecem melhores resultados. A mama assim operada, passará por três períodos evolutivos:

A) PERÍODO IMEDIATO: Vai até o 30º dia. Neste período, apesar das mamas se apresentarem com aspecto bastante melhorado, sua forma e volume ainda estão abaixo do resultado planejado.

B) PERÍODO MEDIATO: Vai do 30º dia até o 3º mês - Neste período, a mama começa a apresentar uma evolução que tende à forma definitiva. São características deste período um maior ou menor grau de “inchaço” das mamas; além disso, a cicatriz encontra-se em plena fase de transição. Apesar da euforia da maioria das pacientes, já neste período, costumamos dizer às mesmas que seu resultado ficará melhor ainda, pois isto será a característica do período tardio.

C) PERÍODO TARDIO: Vai do 3º até o 12º mês. É o período em que a mama atinge seu aspecto definitivo (forma, consistência, volume, sensibilidade, etc.). É neste período que costumamos fotografar os casos operados, a fim de compará-los com o aspecto pré-operatório de cada paciente. Tem grande importância no resultado final, o grau de elasticidade da pele das mamas, bem como o volume da prótese introduzida. O equilíbrio entre ambos varia de caso para caso.

Felizmente, as cicatrizes desta cirurgia podem ficar bastante disfarçadas, o que é muito conveniente nos primeiros meses. Com o decorrer do tempo as cicatrizes vão melhorando, chegando mesmo à quase imperceptibilidade, em certos casos.

Raramente a cirurgia plástica estética redutora determina sérias complicações. Isto se deve ao fato de se preparar adequadamente cada paciente, além de ponderarmos sobre a conveniência ou não da utilização das próteses de silicone.
_________________________

Duração: 2 horas ou mais;

Efeitos Colaterais: Equimose, inchaço, quelóides (conforme predisposição individual de cada paciente) e mudança na sensibilidade temporária do mamilo. Mamas sensíveis à estimulação por várias semanas;

Recuperação: Retorno ao trabalho: 3 a 7 dias. Atividades físicas: 4 semanas. Inchaço e machucado: 3 a 6 meses;

Riscos: A contratura capsular ao redor do implante pode deixar os seios enrijecidos ou duros; Sangramento ou infecção; Aumento ou perda de sensibilidade dos mamilos ou pele dos seios ocasionalmente permanente;

Resultados: Variáveis. Implantes podem precisar de remoção ou recolocação, ou ainda, após a retirada de pele, dependendo da flacidez, o prodecimento pode precisar de complementação.

Troca: A troca de próteses só será necessária após duas décadas. Entretanto, apenas a avaliação médica poderá indicar tal procedimento. É de extrema importância que a paciente mantenha seus exames em ordem, a fim de saber como está a prótese;

Técnica Utilizada: Cicatrizes periareolares, ou areolar com vertical ou ainda areolar com "T" invertido;

Internação: De 8 a 24 horas na clínica;

Anestesia: Peridural (aplicação entre as vértebras, nas costas).


Compartilhe isso: